segunda-feira, 30 de junho de 2014

Visitantes têm até agosto para conferir acervo do Museu do Índio exposto em Niterói

Abertas ao público desde 16 de abril deste ano, duas mostras com peças do Museu do Índio, estão sendo apresentadas nos espaços expositivos do Museu de Arte Popular Janete Costa.
Sucesso de público, as exposições foram vistas, só em maio,  por mil 1145 pessoas. Em abril, mês da inauguração, 504 visitantes prestigiaram as mostras.  Desde a abertura,  15 escolas levaram 458  alunos para conferir o acervo etnográfico  em exposição, composto de mais de cem peças.

A exposição Artes Indígenas e etnodesign: "vontade de beleza"  é composta de peças, fotos e filmes sobre a produção indígena  de objetos utilitários e ao mesmo tempo artísticos , definidos por especialistas como “etnodesign”.    A mostra é uma oportunidade para os visitantes conhecerem a diversidade da produção da cultura material de diferentes povos indígenas brasileiros.  A  curadoria é do diretor do Museu  Janete Costa, Wallace de Deus. 

Já  na  exposição  "Poética Karajá: arte Iny  o público confere  a arte e a cultura material Karajá (TO). A mostra reúne peças em plumária, palha, madeira, cerâmica, miçanga e cabaça. A curadoria é assinada pela antropóloga Whan Chang, coordenadora do  Programa de Documentação de Línguas e Culturas Indígenas do Museu do Índio.

A duas exposições podem ser vistas no Museu Janete Costa, em Niterói, até o dia 03 de agosto. 

Comunicação Social/ MI
30/06/2014

sexta-feira, 13 de junho de 2014

Aberto ao público o Espaço Índio e Arte do Museu do Índio

O Espaço Índio e Arte do Museu do Índio foi reaberto ao público nesta terça-feira(10/06) com muitas novidades.  Os visitantes encontram  objetos utilitários, arte indígena, CDs  e publicações. O material produzido pelos índios e comercializado no Espaço Índio e Arte, prioriza valorizar o artista e a renda, beneficiando diretamente as populações envolvidas. 






A inciativa faz parte do Programa Índio e Arte, que visa  implementar  ações de salvaguarda  do patrimônio cultural dos povos indígenas no Brasil com enfoque na cultura material.  



O Espaço Indio e Arte fica aberto ao público de terça a sexta-feira, das 9h às 17h30min.  O endereço é Rua das Palmeiras 55, Botafogo/ RJ. 


Comunicação Social/ MI

13/06/2014


segunda-feira, 2 de junho de 2014

Abertas as inscrições para o curso Dimensões das Culturas Indígenas 2014


A iniciativa, que acontece todos os anos, terá, nesta edição, o tema Economia, Línguas e Patrimônio Cultural Indígena. 

O antropólogo do Museu Nacional, João Pacheco, estará entre os convidados, falando sobre “Terra e trabalho indígena no Brasil contemporâneo”.  Para debater sobre “Arte indígena, etnodesign e o mercado cultural”, estará presente o Diretor do Museu Janete Costa, Wallace de Deus.  Também vai participar,  a antropóloga, Lúcia Van Velthen, abordando "Os percursos dos objetos etnográficos nos museus”. 

As aulas vão acontecer  de 21 de julho a 01 de agosto, na parte da tarde. Durante os 11 dias do curso, haverá exibição de vídeos sobre as culturas indígenas.

Os interessados podem se inscrever na Coordenação de Divulgação Científica do Museu do Índio, que fica na Rua das Palmeiras, 55, Botafogo. O atendimento é feito  de segunda a sexta-feira, das 10 às 17h.  Mais informações pelo telefone (21) 3214 8718 ou pelo  email divulgacao.cienfiica@museudoindio.gov.br  .

PROGRAMAÇÃO 
21- SEGUNDA – TERRA E TRABALHO INDÍGENA NO BRASIL CONTEMPORÂNEO: JOÃO PACHECO DE OLIVEIRA (MUSEU NACIONAL/UFRJ)
22- TERÇA – LÍNGUAS INDÍGENAS NO BRASIL – O CASO DO ALTO RIO NEGRO: KRISTINE STENZEL (UFRJ)
23- QUARTA – ARTE INDÍGENA, ETNODESIGN E O MERCADO CULTURAL: WALLACE DE DEUS BARBOSA (UFF)
24- QUINTA – O TURISMO COMO EMPODERAMENTO DE POVOS INDÍGENAS: RODRIGO GRUNEWALD (UFPB)
25 – SEXTA – MESA-REDONDA – MUSEUS INDÍGENAS E SEUS ACERVOS: PARTICIPAÇÃO DE INDÍGENAS QUE DIRIGEM MUSEUS INDÍGENAS
28 – SEGUNDA – ECONOMIA XAVANTE: JAMES R. WELCH (FIOCRUZ)
29 – TERÇA – POLÍTICAS CULTURAIS PARA OS MUSEUS ETNOGRÁFICOS NO BRASIL: JOSÉ DO NASCIMENTO JÚNIOR (IBPC/CONSULTOR UNESCO/MEC)
30 – QUARTA – PERCURSOS DOS OBJETOS ETNOGRÁFICOS NOS MUSEUS: LÚCIA VAN VELTHEM (MUSEU GOELDI)
31 – QUINTA – PROJETOS ECONÔMICOS INDÍGENAS NA AMAZÔNIA OCIDENTAL: MARCELO IGLÉSIAS (ASSESSORIA DE ASSUNTOS INDÍGENAS/GOV. ACRE)
01 – SEXTA – MESA-REDONDA – O MERCADO CULTURAL PARA AUTORES INDÍGENAS, COM A PARTICIPAÇÃO DE ÍNDIOS ESCRITORES, CINEASTAS, FOTÓGRAFOS E MÚSICOS

INSCRIÇÃO: PROFISSIONAIS – R$ 300,00; ESTUDANTES – R$ 150,00

Comunicação Social/ MI02/06/2014




Arquivo do blog

Pesquisar este blog

Você já esteve no Museu do Índio?