terça-feira, 30 de julho de 2013

Projeto de Documentação de Línguas Indígenas do Museu do Índio realiza Oficina audiovisual Kaiabi(MT)

Foto: Denise Louigiz Saltarelli

A iniciativa acontece de 29 de julho à dois de agosto no MI. Neste período,  vão ser realizados trabalhos na áreas de edição, linguagem visual e web,  além de reconhecimento de acervo e produção gráfica. Participam do treinamento Pikuruk Kaiabi e Aturi Kaiabi.   A oficina está sendo ministrada pela equipe do Núcleo Audiovisual do MI.

Os Kaiabi
Atualmente, cerca de 2.200 kaiabi vivem no Parque Indígena do Xingu(MT). A língua falada é o Tupi-Guarani.


Comunicação Social/ MI
30/07/2013

Museu do Índio lança mais um produto do Projeto de Documentação de Línguas Indígenas. Confira!

O blog é resultado da Primeira Oficina de Gramáticas Pedagógicas, realizada de 18 a 28 de julho, em Saquarema/ RJ. A iniciativa deu início a mais uma etapa do processo de documentação linguística. São agora cinco projetos piloto para a elaboração de gramáticas pedagógicas. A ideia dessas gramáticas é aplicar uma nova metodologia que permita o ensino-aprendizagem de línguas indígenas, sobretudo nas escolas das aldeias.  Conheça os detalhes. 

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Museu do Índio e UFMG em encontro de cineastas indígenas durante 45º Festival de Inverno

“O Encontro de Realizadores Indígenas: experiências e novas perspectivas”,  foi realizado durante o 45° Festival de Inverno da Universidade Federal do Minas Gerais, com  parceria do  Museu do Índio/ FUNAI. A iniciativa aconteceu de 22 a 26 de julho, na cidade mineira de Diamantina, reunindo  realizadores de várias etnias e profissionais ligados à antropologia, ao indigenismo e ao meio audiovisual. Foram discutidas as múltiplas experiências do cinema indígena no Brasil.  A  programação do evento, incluiu seminários, exibição de filmes  e oficinas de vídeos com cineastas indígenas de diversas etnias. Participaram produtores cinematográficos dos grupos  Xavante, Kalapalo,  Kuikuro,  Maxakali, Guarani- Kaiowá, entre outros. 

Comunicação Social/ MI
29/07/2013

Gramáticas pedagógicas do Museu do Índio vão beneficiar ensino de línguas indígenas nas aldeias

A Primeira Oficina de Gramática Pedagógica promovida pelo Programa de Documentação de Línguas Indígenas - PRODOCLIN -, do Museu do Índio, aconteceu de 18 a 28 de julho, em Saquarema/ RJ.

Na Oficina, coordenada pelo Prof. Dr. da Universidade de Massachusetts, Luiz Amaral, as equipes dos projetos participantes, formadas por pesquisadores indígenas e linguistas, se reuniram para discutir metodologias, modelos, práticas e a produção de gramáticas pedagógicas a partir da implementação de uma nova proposta.

A iniciativa deu início a mais uma etapa do processo de documentação linguística. São agora cinco projetos piloto para a elaboração de gramáticas pedagógicas. A ideia dessas gramáticas é aplicar uma nova metodologia que permita o ensino-aprendizagem de línguas indígenas, sobretudo nas escolas das aldeias.

Dos treze projetos e treze línguas, que integraram o PRODOCLIN, quatro participam da nova fase: Ikpeng, Paresi, Kawaiwete e Karajá. O quinto projeto inclui uma nova língua: o Wapichana (Arawak setentrional).
Também estão participando desta nova etapa, como observadores, pesquisadores das línguas Palikur, Ye'kuana, Kaingang e Kuikuro.

Comunicação Social/ MI
29/07/2013 









sexta-feira, 19 de julho de 2013

Índios universitários participam de mesa redonda no encerramento do Curso Dimensões das Culturas Indígenas 2013

Uma mesa redonda marcou, nesta sexta-feira (19/07)o encerramento do Curso Dimensões das Culturas Indígenas 2013.  O debate contou com a presença dos índios universitários Tonico Benites Kaiowá, Zico Ribeiro Kaingang, Alberto Álvares Mbya e Vitor Pervare Bakairi. Eles falaram sobre "A universidade brasileira e a defesa dos direitos indígenas".  Também participou do encontro, Carlos Tucano, da Aldeia Maracanã. 

O Curso Dimensões das Culturas Indígenas é uma iniciativa do Museu do Índio que acontece anualmente. A edição de 2013 teve como tema central “Política, Xamanismo e Línguas Indígenas”.  As aulas foram realizadas de 08 a 19 de julho no auditório do Museu do Índio, em Botafogo, reunindo professores indígenas e índios universitários, além de professores-pesquisadores da Unirio, UERJ, UFF, Unb, USP, UFSC e IEB.



Comunicação Social/ MI
19/07/2013

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Museu do Índio promove Primeira Oficina de Gramática Pedagógica

Começou nesta quinta-feira (18/07) a Primeira Oficina de Gramática Pedagógica, promovida pelo Projeto "Gramáticas Pedagógicas Para Línguas Indígenas". A iniciativa, que acontece até 28 de julho na Pousada do Quati, em Saquarema/ RJ, é uma realização do Projeto de Documentação de Línguas Indígenas do Museu do Índio/ FUNAI.

A Oficina é dividida em 4 etapas: "Conceitos e objetivos", "Estrutura da gramática e análise de exemplos", "Confecção de material" e "Levando o trabalho a campo e próximos passos".

Nos debates, assuntos como as diferentes realidades de uso e ensino de língua em escolas indígenas, o conceito e objetivo de uma gramática pedagógica dentro do contexto educacional indígena e a preparação de aulas de língua usando a gramática pedagógica. O encontro reúne pesquisadores indígenas e não indígenas.


Participam projetos de cinco etnias. Confira abaixo:

Ikipeng(MT) 
Coordenação - Maria Luisa Freitas
Pesquisadora - Angela Fabíola Alves Chagas
Pesquisadores Indígenas - Korotowi Taffarel e Maioua Meg Poanpo Tixicão

Karajá (MT)
Coordenação - Cristiane Oliveira da Silva
Pesquisador - Chang Whan
Pesquisador Indígena - Leandro Larinawa Karajá 

Kawaiwete (MT)
Coordenação  -  Suzi Oliveira de Lima
Pesquisadores  Indígenas  - Pikuruk Kayabi e Aturi Kaiabi

Paresi (MT) 
Coordenação  -  Glauber Romling da Silva
Pesquisador  Indígena  -  Jurandir Zezokiware

Wapichana (RO) 
Coordenação  -  Joana Qworecka Autuori
Pesquisador  Indígena  -  Wendy Mary Leandro

Equipe de organização:
Coordenador da Oficina – Luiz Amaral
Gestora Científica do  PRODOCLIN – Mara Santos
Coordenadora do PRODOCLIN – Bruna Franchetto

Comunicação Social/ MI
18/07/2013 



Museu do Índio e UFMG realizam encontro de cineastas indígenas durante 45º Festival de Inverno

“O Encontro de Realizadores Indígenas: experiências e novas perspectivas” ,  que será realizado durante o 45° Festival de Inverno da Universidade Federal do Minas Gerais, terá parceria do  Museu do Índio/ FUNAI. A iniciativa vai acontecer de 22 a 26 de julho, na cidade mineira de Diamantina, reunindo  realizadores de várias etnias e profissionais ligados à antropologia, ao indigenismo e ao meio audiovisual. Na ocasião serão discutidas as múltiplas experiências do cinema indígena no Brasil.  A  programação do evento, vai incluir seminários, exibição de filmes  e oficinas de vídeos com cineastas indígenas de diversas etnias. Estão confirmadas participações de produtores cinematográficos dos grupos  Xavante, Kalapalo,  Kuikuro,  Maxakali, Guarani- Kaiowá, entre outros. 

Comunicação Social/ MI
18/07/2013

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Curso de Férias do Museu do Índio inicia segunda etapa com debate sobre os Guarani Kaiowá

A segunda semana do Curso Dimensões das Culturas Indígenas 2013, começou nesta segunda-feira (15/07) com debate sobre "Os Índios Guarani Kaiowá no Mato Grosso do Sul". A iniciativa, realizada todos os anos, tem como tema, nesta edição, “Política, Xamanismo e Línguas Indígenas”. As aulas, que começaram no dia 08/07 vão até o dia 19/07, sempre das 14h às 17h, no auditório do  MI.  O curso  reúne professores indígenas e índios universitários, além de professores-pesquisadores da Unirio, UERJ, UFF, Unb, USP, UFSC e IEB.

Confira abaixo a programação completa do curso: 

1ª SEMANA
8/7 – A HISTÓRIA INDÍGENA E DO INDIGENISMO NA AMAZÔNIA – JOSÉ RIBAMAR BESSA FREIRE (UNIRIO/UERJ)
9/7 - OS ÍNDIOS NA HISTÓRIA DO BRASIL – MARIA REGINA CELESTINO (UFF)
10/7 - LÍNGUAS INDÍGENAS NO BRASIL – MARCUS MAIA (UFRJ)
11/7 - ESTADO E POVOS INDÍGENAS NO BRASIL CONTEMPORÂNEO – ORLANDO VILLAS BÔAS FILHO (USP)
12/7 - MESA REDONDA COM PROFESSORES INDÍGENAS: UM BALANÇO DO ENSINO NAS ALDEIAS

2ª SEMANA
15/7 - OS ÍNDIOS GUARANI KAIOWÁ NO MATO GROSSO DO SUL – SPENSY PIMENTEL (USP)
16/7 - XAMANISMO E MEDICINA INDÍGENA – ESTER LANGDON (UFSC)
17/7 - GESTÃO AMBIENTAL DE TERRAS INDÍGENAS – HENYO BARRETO (IEB)
18/7 - POVOS INDÍGENAS E POLÍTICAS DE ETNODESENVOLVIMENTO - RICARDO VERDUM (INESC/UnB)
19/7 - MESA REDONDA COM ÍNDIOS UNIVERSITÁRIOS: A UNIVERSIDADE BRASILEIRA E A DEFESA DE DIREITOS INDÍGENAS.

Comunicação Social/ MI
15/07/2013

Pesquisadora responsável pelo Centro Cultural Ikuiapá/ Museu do Índio, em Cuiabá, participa da exposição Batarra

A palavra tupi-guarani Batarra, que significa força, dá título a exposição  apresentada até 10 de agosto, na Casa do Parque , em Cuiabá. Na mostra o visitante tem encontro marcado com as culturas indígenas, por meio de obras de quatros artistas. Os trabalhos são  destacadas por  textos e  fragmentos  escritos pela pesquisadora e chefe do Centro Cultural Ikuiapá/ Museu do Índio,  Anna Maria Costa.  A mostra reúne telas  de Clovis Irigaray e Elias de Paula, o vídeo de João Manteufel e as fotografias de José Medeiros. Além da colaboração literária na exposição, Anna Maria Costa, apresenta suas publicações que podem ser adquiridas no local.  Mais infomações no site www.acasadoparque.com.br 

Comunicação Social/ MI
15/07/2013

sábado, 13 de julho de 2013

A partir do dia 18, projeto do Museu do Índio promove debate sobre gramáticas pedagógicas para línguas indígenas

A Primeira Oficina de Gramática Pedagógica  promovida pelo Projeto "Gramáticas  Pedagógicas Para Línguas Indígenas" será realizada de 18 a 28 de julho na Pousada do Quati, em Saquarema/ RJ.

A iniciativa vai acontecer no âmbito do Projeto de Documentação de Línguas Indígenas do Museu do Índio, reunindo pesquisadores indígenas e não indígenas.

A Oficina vai ser dividida em 4 etapas: "Conceitos e objetivos",  "Estrutura da gramática e análise de exemplos",  "Confecção de material" e "Levando o trabalho a campo e próximos passos".
Durante os encontros  serão debatidos assuntos como as diferentes realidades de uso e ensino de língua em escolas indígenas, o conceito e objetivo de uma gramática pedagógica dentro do contexto educacional indígena e a preparação de aulas de língua usando a gramática pedagógica.


Vão participar projetos de cinco etnias. Confira abaixo:

Ikipeng(MT) 
Coordenação - Maria Luisa Freitas
Pesquisadora - Angela Fabíola Alves Chagas
Pesquisadores Indígenas - Korotowi Taffarel e Maioua Meg Poanpo Tixicão

Karajá (MT)
Coordenação - Cristiane Oliveira da Silva
Pesquisador - Chang Whan
Pesquisador Indígena - Leandro Larinawa Karajá 

Kawaiwete (MT)
Coordenação  -  Suzi Oliveira de Lima
Pesquisadores  Indígenas  - Pikuruk Kayabi e Aturi Kaiabi

Paresi (MT) 
Coordenação  -  Glauber Romling da Silva
Pesquisador  Indígena  -  Jurandir Zezokiware

Wapichana (RO) 
Coordenação  -  Joana Qworecka Autuori
Pesquisador  Indígena  -  Wendy Mary Leandro

Equipe de organização:
Coordenador da Oficina – Luiz Amaral
Gestora Científica do  PRODOCLIN – Mara Santos
Coordenadora do PRODOCLIN – Bruna Franchetto

Comunicação Social/ MI
13/07/2013 








sexta-feira, 12 de julho de 2013

Curso Dimensões da Culturas Indígenas 2013 debate política, xamanismo e línguas indígenas no Museu do Índio, em Botafogo

Terminou nesta sexta-feira(12/07) a primeira semana do curso  “Dimensões das Culturas  Indígenas” promovido pelo Museu do Índio, em Botafogo. A iniciativa, realizada todos os anos, tem como tema, na edição de 2013, “Política, Xamanismo e Línguas Indígenas”. As aulas, que começaram nesta terça-feira (08/07), vão até o dia 19/07, sempre das 14h às 17h, no auditório do  MI.  O curso  reúne professores indígenas e índios universitários, além de professores-pesquisadores da Unirio, UERJ, UF, Unb, USP, UFSC e IEB.

Confira abaixo a programação:

1ª SEMANA
8/7 – A HISTÓRIA INDÍGENA E DO INDIGENISMO NA AMAZÔNIA – JOSÉ RIBAMAR BESSA FREIRE (UNIRIO/UERJ)
9/7 - OS ÍNDIOS NA HISTÓRIA DO BRASIL – MARIA REGINA CELESTINO (UFF)
10/7 - LÍNGUAS INDÍGENAS NO BRASIL – MARCUS MAIA (UFRJ)
11/7 - ESTADO E POVOS INDÍGENAS NO BRASIL CONTEMPORÂNEO – ORLANDO VILLAS BÔAS FILHO (USP)
12/7 - MESA REDONDA COM PROFESSORES INDÍGENAS: UM BALANÇO DO ENSINO NAS ALDEIAS

2ª SEMANA
15/7 - OS ÍNDIOS GUARANI KAIOWÁ NO MATO GROSSO DO SUL – SPENSY PIMENTEL (USP)
16/7 - XAMANISMO E MEDICINA INDÍGENA – ESTER LANGDON (UFSC)
17/7 - GESTÃO AMBIENTAL DE TERRAS INDÍGENAS – HENYO BARRETO (IEB)
18/7 - POVOS INDÍGENAS E POLÍTICAS DE ETNODESENVOLVIMENTO - RICARDO VERDUM (INESC/UnB)
19/7 - MESA REDONDA COM ÍNDIOS UNIVERSITÁRIOS: A UNIVERSIDADE BRASILEIRA E A DEFESA DE DIREITOS INDÍGENAS.

Comunicação Social/ MI
12/07/2013



terça-feira, 9 de julho de 2013

Curso de Férias acontece no Museu do Índio

O tradicional curso  “Dimensões das Culturas  Indígenas” está sendo realizado no Espaço Galeira do Museu.   Este ano, o tema é  “Política, Xamanismo e Línguas Indígenas”. As aulas, que começaram nesta terça-feira (08/07) vão até o dia 19/07, sempre das 14h às 17h, no auditório do  MI. Confira abaixo a programação: 

1ª SEMANA
8/7 – A HISTÓRIA INDÍGENA E DO INDIGENISMO NA AMAZÔNIA – JOSÉ RIBAMAR BESSA FREIRE (UNIRIO/UERJ)
9/7 - OS ÍNDIOS NA HISTÓRIA DO BRASIL – MARIA REGINA CELESTINO (UFF)
10/7 - LÍNGUAS INDÍGENAS NO BRASIL – MARCUS MAIA (UFRJ)
11/7 - ESTADO E POVOS INDÍGENAS NO BRASIL CONTEMPORÂNEO – ORLANDO VILLAS BÔAS FILHO (USP)
12/7 - MESA REDONDA COM PROFESSORES INDÍGENAS: UM BALANÇO DO ENSINO NAS ALDEIAS

2ª SEMANA
15/7 - OS ÍNDIOS GUARANI KAIOWÁ NO MATO GROSSO DO SUL – SPENSY PIMENTEL (USP)
16/7 - XAMANISMO E MEDICINA INDÍGENA – ESTER LANGDON (UFSC)
17/7 - GESTÃO AMBIENTAL DE TERRAS INDÍGENAS – HENYO BARRETO (IEB)
18/7 - POVOS INDÍGENAS E POLÍTICAS DE ETNODESENVOLVIMENTO - RICARDO VERDUM (INESC/UnB)
19/7 - MESA REDONDA COM ÍNDIOS UNIVERSITÁRIOS: A UNIVERSIDADE BRASILEIRA E A DEFESA DE DIREITOS INDÍGENAS.

Comunicação Social/ MI
09/6/2013


quarta-feira, 3 de julho de 2013

Primeira Oficina de Gramática Pedagógica acontece em julho

De 18 a 28 de julho  o Projeto  “Gramáticas Pedagógicas para Línguas Indígenas”  do Projeto de Documentação de Línguas Indígenas do Museu do Índio realiza a Primeira Oficina de Gramática Pedagógica.  A iniciativa vai acontecer na Pousada do Quati, em Saquarema.  A Oficina terá  4 etapas: Conceitos e objetivos,  Estrutura da gramática e análise de exemplos,  Confecção de material,  Levando o trabalho a campo e próximos passos. 
Vão participar projetos de cinco etnias. Confira abaixo:
Ikipeng(MT)
Coordenação - Maria Luisa Freitas
Pesquisadora - Angela Fabíola Alves Chagas
Pesquisadores Indígenas - Korotowi Taffarel e Maioua Meg Poanpo Tixicão
Karajá (MT)
Coordenação - Cristiane Oliveira da Silva
Pesquisador - Chang Whan
Pesquisador Indígena - Leandro Larinawa Karajá
Kawaiwete (MT)
Coordenação  -  Suzi Oliveira de Lima
Pesquisadores  Indígenas  - Pikuruk Kayabi e Aturi Kaiabi
Paresi (MT)
Coordenação  -  Glauber Romling da Silva
Pesquisador  Indígena  -  Jurandir Zezokiware
Wapichana (RO)
Coordenação  -  Joana Qworecka Autuori
Pesquisador  Indígena  -  Wendy Mary Leandro

Equipe de organização
Coordenador da Oficina – Luiz Amaral
Gestora Científica do  PRODOCLIN – Mara Santos
Coordenadora do PRODOCLIN – Bruna Franchetto

Comunicação Social/ MI
03/07/2013 







Arquivo do blog

Pesquisar este blog

Você já esteve no Museu do Índio?