quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Museu do Índio realiza Oficina Audiovisual Paresi


O Programa de Documentação de Línguas e Culturas Indígenas – PROCULT, do Museu do Índio, promove, até domingo (27/02), Oficina de Edição do material audiovisual produzido nas aldeias Paresi(MT). O antropólogo Bruno Oliveira Aroni (UFRJ/ FUNAI) coordena a equipe formada pelos técnicos da UFRJ, Priscila Bittencourt e Samuel Leal e pelo editor de vídeo do Museu do Índio, Rodrigo Moraes. Lucindo Nezokemaece, Justino Zomoizokae, Jocelia Zokezomaeroce, Joscelio Onizokaece são os 4 Paresis da Aldeia Rio Formoso / MT, que estão participando da iniciativa. Os produtos audiovisuais editados nas oficinas irão compor o acervo digital e o website Paresi, disponível no site do Museu do Índio.
Veja aqui as fotos da oficina.



23/02/2011
NUCOM/MI

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Coleção Darcy Ribeiro, do MI, reúne peças da etnia Kadiwéu

A tigela em cerâmica é um objeto utilizado pelos Kadiwéu para o serviço culinário e guarda de alimentos. A peça, produzida em 1950, faz parte da coleção Darcy Ribeiro do acervo etnográfico do Museu do Índio. A etnia foi objeto de pesquisa do antropólogo e está presente na exposição de fotografias “Kadiwéu • Ofayé • Urubu-Ka’apor - Os Índios de Darcy Ribeiro". A mostra, tem curadoria do antropólogo e fotógrafo, Milton Guran . Na exposição, o público pode conferir trabalhos de Harald Schultz e Heinz Foerthmann, dois dos mais importantes fotógrafos documentaristas da primeira metade do século XX a serviço do SPI, além de fotos assinadas pelo próprio Darcy Ribeiro. A mostra está sendo apresentada na Galeria de Arte do MI e pode ser vista até 31 de março.
Os Kadiwéu Com população estimada em cerca de 1.400 índios, as aldeias Kadiwéu ficam situadas no Mato Grosso do Sul. A família lingüística é o Mbaya-Guaikuru.
Saiba mais sobre as nossas coleções etnográficas e textuais na Base de Dados do MI .

NUCOM/ MI
16/02/2011

Arquivo do blog

Pesquisar este blog

Você já esteve no Museu do Índio?